Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a world in a grain of sand

um mundo num grão de areia

a world in a grain of sand

Gramofone #10

Sofia
28
Jan21

Buika feat. Jason Mraz - Carry your own weight

 

Ouvi-a hoje na rádio e gostei imenso.

As vozes não me eram desconhecidas, mas não ouvi a parte em que anunciam a música e autores. Ouvi a música e gostei muito dela e achei que as palavras eram as certas para o meu dia. Fui procurá-la pela letra e foi fácil descobri-la.

(Há uns anos tocava algumas vezes no meu MP3 a No habrá nadie en el mundo da Buika. Era daí que conhecia uma das vozes. Não sei porquê nunca mais ouvi nada mais desta cantora. Acabo sempre com vontade de conhecer imensas coisas, mas algumas acabam por ficar em segundo plano no meio da azáfama do dia-a-dia. Estou a aproveitar o modo aleatório do Spotify na página da Buika. Bem preciso da energia que a música nos dá.)

Pensamento do Dia #4 (Rádio)

Sofia
25
Jul20

Adoro ouvir rádio, pelo rádio e não pelo computador. O meu rádio tem ainda a sintonização manual através de um botão que se roda. Pelo menos, ao rodar o botão, consigo saber a frequência em que se encontra.

Para aqueles que, como eu, não gostam de se fixar exclusivamente numa estação (embora tenhamos as nossas estações favoritas — no meu caso, M80, Radar, Atena 1, Antena 3, Oxigénio, Smooth FM, SBSR), escolher a rádio que se vai ouvir num determinado momento pode ser feito unicamente com base nos nossos sentidos. Fui abençoada com uma memória de elefante, que me faz sentir amaldiçoada em certas ocasiões, mas nunca me consigo lembrar das frequências das rádios.

Quando oiço o anúncio de uma rádio no qual é habitualmente referida a frequência da estação, sinto que aquele anúncio foi mesmo feito para mim e para aqueles que sofrem do mesmo mal que eu. O problema é que quando oiço esse anúncio já escolhi a rádio que vou ouvir e até já a estou a ouvir há algum tempo. 

Não era mais fácil se a M80 fosse a 80.0, a Antena 1 a 101.0, a Antena 2 a 102.0, Anterna 3 a 103.0 e por aí em diante? Não sei como é que se resolveria a questão para uma série de estações, mas mais vale um na mão do que dois no soutien um pássaro na mão do que dois a voar.

Ignoremos a ideia anterior, porque vai contra o funcionamento da rádio isto não são os "Discos pedidos" e porque, mesmo que fosse mais fácil, perdia-se um ritual que, além de nos aguçar a audição, nos permite também treinar a memória. Até parar de sintonizar, entro numa espécie de jogo "Quem é Quem?" com o aparelho. Os sons são lançados e eu tenho de tentar adivinhar que estação será aquela com base no que está a tocar. Às vezes é fácil acertar porque sabemos que um determinado estilo musical é mais característico de uma estação do que de outras. Todavia, há temas badalados que passam em várias estações e podem tornar o jogo mais desafiante.

Confesso que o problema é meu e que tudo se resolveria se eu decidisse passar a ouvir rádio pelo computador ou se trocasse de aparelho. Contudo, não estou preparada para isso, sou teimosa e ligeiramente masoquista. Como a minha vida é por vezes aborrecida, também perdia um bom tema de conversa. 

Boas audições!